PATRIMÔNIO TANGÍVEL

Tweetar Recomendar
Santa Cruz possui um grande conjunto de referências culturais que são valoradas por seus habitantes as quais, consequentemente, são consideradas um patrimônio coletivo. Como representante da questão patrimonial local, o Ecomuseu de Santa Cruz vem desenvolvendo um estudo detalhado das referências culturais e naturais presentes no bairro.

O processo de identificação de bens presentes no território musealizado ocorre por meio de uma identificação preliminar feita por profissionais do campo da Museologia, gerando um dossiê de pesquisa para cada bem investigado. Neste dossiê são elencados um texto dissertativo com histórico, análise estética e descrição do bem, seguido de anexos com fotos, bibliografia pertinente e legislação aplicada. Ao final, os dados coletados são indexados em ficha que segue as normativas internacionais estabelecidas pelo Comitê Internacional para a Documentação do Conselho Internacional de Museus (CIDOC/ICOM). Alguns campos compilados da ficha formam o Inventário Preliminar de Bens Musealizados do Ecomuseu de Santa Cruz. Após a identificação preliminar entra em cena o processo de Inventário Participativo, no qual a população local auxilia no processo de identificação final dos bens a serem musealizados no bairro.


Ponte dos Jesuítas.

Mostre sua identificação com o patrimônio de Santa Cruz!

Mande um selfie com um dos bens do Ecomuseu de Santa Cruz para ecomuseuqcsc_smc@rio.rj.gov.br, e entre para nossa Galeria de Selfies no Facebook! Para ter acesso aos dossiês de pesquisa dos bens musealizados, marque uma visita à sede do ecomuseu, ou solicite a versão digital do dossiê pelo e-mail: ecomuseuqcsc_smc@rio.rj.gov.br